Procurar usando este tipo de interrogação:



Procurar apenas estes tipos de registos:

Objeto
Ficheiro
Coleção
Página Simples

Pesquisa avançada (apenas objetos)

Livro de História



Ficha Técnica

Número

EP/RDI/019

Designação

Livro de História

Nível de Ensino

Ensino primário

Descrição

É o primeiro Livro de História de Cabo Verde independente. O autor não está identificado.
No topo da capa de cartolina azul ostenta o símbolo da República de Cabo Verde. O manual inicia com o Programa de História que o livro desenvolve. Além da Introdução (o objetivo e a utilidade da História e a divisão do tempo), o livro é composto por duas partes. Da primeira parte constam cinco capítulos: o 1º sobre “Aspectos comparativos da vida da geração do aluno e dos seus ascendentes mais próximos” (pp. 11-14); o 2º sobre os “Aspectos históricos da localidade e da região" (pp. 15- 18); o 3º incide no “Confronto entre as formas actuais de vida e as das várias épocas históricas” e inclui a História de Cabo Verde na época colonial (pp. 19-42); o 4º trata dos “Aspectos essenciais da vida em Cabo Verde nos séculos correspondentes à época da ocupação colonial” (pp. 43-70) e o 5ª capitulo sobre os “Factores de desenvolvimento histórico” (pp. 71-77).
A segunda parte está organizada, igualmente, em cinco capítulos: o 1º trata dos "Aspectos da vida dos povos da pré-história na África considerada o berço da humanidades" (pp. 83-93); o 2º inicide na "África antiga e os contactos exteriores" (pp. 95-101), o 3º aborda "A África pré-colonial: reinos e impérios da idade média" (pp. 103-139), o 4º referente à "África colonial e a independência" (pp. 141-162) e o último, sobre "Cabo Verde, Guiné e o PAIGC", inclui as letras do Hino Nacional e do Hino dos Pioneiros (pp. 165-194). O livro termina com um glossário (pp. 195-207). As poucas ilustrações, a preto e branco, representam mapas, símbolos (estrela negra) e as fotografias dos líderes políticos do PAIGC - Partido Africano da Independência da Guiné e de Cabo Verde. Os conteúdos do primeiro manual de história após a independência refletem o novo ideário marcado por um discurso centrado numa "viragem para a África, (...) no culto de africanidade e de um ideal revolucionário" (Testemunho de José Maria Semedo, in Moniz, 2009, p. 255).
Consultar:
Galeria - capa, partes e capítulos, páginas com mapas e os herois nacionais. Documento - Excerto do livro de Elias Moniz sobre as mudanças do discurso colonial num discurso centrado no africanismo (1975 a 1980).

Material

Papel e tinta

Dimensões

Altura: 20 cm; largura cm

Proveniência

Acervo da Associação para a Promoção do Património Educativo e Cultural – ASPPEC

Local (Exposição)

Sala de Exposições da ASPPEC, Escola Grande, Uni-CV

Estado de Conservação

Bom

Bibliografia

Moniz, Elias Alfama Vaz (2009). Africanidades versus europeísmos: pelejas culturais e educacionais em Cabo Verde. Praia: Instituto da Biblioteca Nacional e do Livro.

Investigador

Maria Adriana Sousa Carvalho

Especificações

Editor

Gabinete de Estudos do Ministério da Educação e Cultura de Cabo Verde

Produção

Imprensa Nacional

Ano de Edição

1979

Nº da Edição

2ª edição

Disciplina

História

Nº de Páginas

207

Notas Técnicas

Livro encadernado. As folhas agrafadas são cobertas por uma capa de cartolina colada na lombada.

Documentos

Geolocalização

Partilhar