Lições de Física Experimental para o 2º Ciclo dos Liceus. Vol. I - 3º e 4º ano dos liceus · Museu Virtual da Educação, Cabo Verde

Procurar usando este tipo de interrogação:



Procurar apenas estes tipos de registos:

Objeto
Ficheiro
Coleção
Página Simples

Pesquisa avançada (apenas objetos)

Lições de Física Experimental para o 2º Ciclo dos Liceus. Vol. I - 3º e 4º ano dos liceus



Ficha Técnica

Número

LP/RDI/009

Designação

Lições de Física Experimental para o 2º Ciclo dos Liceus. Vol. I - 3º e 4º ano dos liceus

Nível de Ensino

Ensino liceal

Descrição

Os autores do livro Lições de Física Experimental para o 2º ciclo dos Liceus, vol. I – 3º e 4º anos, são Raul L. Seixas e Augusto César Gomes Soeiro.
A capa, de cor vermelha,não apresenta ilustrações. Regista os nomes dos autores, o título do livro, o ciclo dos liceus, o número do volume e o ano de escolaridade. Na parte inferior da capa, a data e o nome e endereço da editora.
Na capa do livro que analisamos, o titulo "LIÇÕES DE FÍSICA EXPERIMENTAL" foi adulterado, provavelmente por um dos estudantes que o utilizou, tendo acrescentado com tinta preta, no inicio do título as letras AF. O título passou a ser  AFLIÇÕES DE de FÍSICA EXPERIMENTAL.
A contracapa contém a menção "aprovado oficialmente como livro único - Diário do Governo, II série, nº 46, de 24/2/1965" e o preço (26$00). Na lombada constam o título do livro, os nomes dos autores e o ano de escolaridade.
O manual está organizado em duas partes dedicadas, respectivamente, ao 3º e 4º anos.  A 1ª parte compreende os seguintes temas: Grandezas físicas e sua medida, Física dos sólidos e fluidos e Acústica. A parte, referente ao 4º ano, estuda a Óptica, a Termologia e Mecânica. As Lições de Física Experimental contém exercícios e aplicações numéricas (pp. 274, 275; 432, 433).

Consultar:
Galeria - capa e páginas com conteúdos diversos: balanças, pesos, barómetros, fontes luminosas, espelhos, sistemas de forças, bússula, ímanes e o resumo da história da aerostação. Documento -
Programas de Física, 2º ciclo dos liceus e indicação do livro adotado.

Material

Cartão forrado com plástico, papel e tinta

Dimensões

Altura: 20,5 cm; largura: 15 cm

Proveniência

Foi oferecido pelo Dr. Arnaldo França à Associação para a Promoção do Património Educativo e Cultural – ASPPEC

Local (Exposição)

Sala de Exposições da ASPPEC, Escola Grande, Uni-CV

Estado de Conservação

Deficiente e incompleto.

Bibliografia

Boletim Oficial de Cabo Verde, Supl. nº 19 aonº 36, 8 de Setembro de 1955.
Nóvoa, António (Dir.) (2003). Dicionário de Educadores Portugueses. Porto: Edições ASA, p. 1339.
Rosas, F. (1996a). Dicionário de História. In J. M. B. d. Brito (Ed..) Estado Novo (Vol. II). Venda Nova: Bertrand Editora.
Silva, Filipa Alexandra Guimarães Godinho (2008). O ensino da Física em Portugal na sequência da reforma de 1947. Lisboa: Universidade Nova de Lisboa (Dissertação de Mestrado).

Investigador

Maria Adriana Sousa Carvalho

Observações

Filipa Alexandra Silva (2008) na sua tese sobre O ensino da Física em Portugal na sequência da reforma de 1947 considera:
"O Estado Novo controla o que se ensina, e pretende impor a sua ideologia através do ensino e dos manuais. No entanto, como argumenta Mónica (1978) esta instrumentalização faz-se sentir, particularmente, na instrução primária, devido à idade jovem e ao número mais elevado dealunos que a frequenta. Seria mais difícil uma instrumentalização ideológica nos conteúdos de uma disciplina de carácter científico, além de que esses ideais já estariam interiorizados quando os alunos chegassem ao curso geral. Devido à natureza dos conteúdos a leccionar e ao menor número de alunos no ensino secundário, no livro de Física do 2.º ciclo a manipulação ocorre fundamentalmente na representação dos cientistas portugueses, que servem de pretexto à exaltação patriótica. É também digna de nota a menção frequente ao vinho em certas actividades que é assim preferido à água, o que estava em clara consonância com a propaganda do regime relativamente à importância económica deste produto: «beber vinho contribui para o pão de mais de um milhão de portugueses» (Rosas, 1996, p. 1011)".

Especificações

Editor

Depositária: Coimbra Editora, Limitada.

Local

Coimbra

Ano de Edição

1966.
"O livro de Física aprovado para o quinquénio que se inicia em 1953 é Lições de Física Experimental, da autoria de Raul Lopes Seixas 30 e Augusto César Gomes Soeiro,
ambos professores no liceu D. Manuel II, no Porto. Os autores apresentaram manuais a concurso ao livro único, do 2.º ciclo, nos períodos seguintes, que tiveram início em 1960 e 1966, que também foram aprovados". (Silva, 2008, p.55).

Nº da Edição

2ª edição

Disciplina

Física

Nº de Páginas

558 (incompleto)

Notas Técnicas

Livro encadernado. As folhas cozidas são cobertas por uma capa dura de cartão revestido de plástico e colada na lombada.

Documentos

Geolocalização

Partilhar