Escola primária, Bairro Craveiro Lopes, Praia · Museu Virtual da Educação, Cabo Verde

Procurar usando este tipo de interrogação:



Procurar apenas estes tipos de registos:

Objeto
Ficheiro
Coleção
Página Simples

Pesquisa avançada (apenas objetos)

Escola primária, Bairro Craveiro Lopes, Praia



Ficha Técnica

Número

EP/EEQ/029

Designação

Escola primária, Bairro Craveiro Lopes, Praia

Nível de Ensino

Ensino primário

Descrição

Neste edifício escolar, construído pelos Serviços de Provedoria Geral da Assistência Escolar, “onde agora funciona o posto de ensino [é ministrado] um curso de educação de adultos generosamente regido pelo professor Clarimundo Delgado que aos Serviços e Assistência ofereceu graciosamente os seus préstimos" (Maria Helena Spencer, in Cabo Verde Boletim, Abril 1958, p. 27). O posto de ensino foi convertido em escola de ensino primário elementar, com a designação Escola Primária nº 18, da Achadinha, em conformidade com a lista de estabelecimentos de ensino publicada no Boletim Oficial, em Julho de 1974. Atualmente é um dos Polos Educativo da cidade da Praia.
Consultar:
Galeria - fotografias da escola e informação sobre o Bairro Craveiro Lopes.

Data

A escola foi inaugurada no dia 28 de Maio de 1956

Localização

Bairro da Achadinha, Praia, Cabo Verde.
Foi inicialmente designado Bairro de Santa Filomena, depois, Bairro Craveiro Lopes.

Estado de Conservação

Bom

Bibliografia

ADESBA _ Associação Desportiva Bairro N'Krumah
Boletim Oficial de Cabo Verde, nº 29, de 20 Julho 1974, p. 484.
Cabo Verde, Boletim de Propaganda e Informação nº 82, 1 Julho 1956, p. 33.
Cabo Verde, Boletim de Propaganda e Informação nº 94, 1 Julho 1957, p. 34.
Cabo Verde, Boletim de Propaganda e Informação nº 103, 1 Abril 1958, p. 27.
Cabo Verde, Boletim de Propaganda e Informação nº 107, 1 Agosto 1958, p. 18.

Investigador

Maria Adriana Sousa Carvalho.

Observações

A Provedoria Geral de Assistência Pública de Cabo Verde apoiava a construção de escolas e de outras obras de carácter social, como o Bairro Craveiro Lopes.
As fontes de receita da Assistência eram "entre outras - selo de Assistência sobre o custo de bilhetes de admissão a cinemas e espectáculos públicos, rendimento do «Bairro Presidente Craveiro Lopes» , taxas de contratos de trabalhadores para S. Tomé e Princípe (...), a receita dos 3% ad-valorem cobrada sobre determinadas mercadorias importadas pela (...) Província" (José Soares de Brito, Provedor-Geral em entrevista a Maria Helena Spencer, Boletim Cabo Verde, Abril 1958, pp. 24/25).
Após a independência nacional, o bairro passou a designar-se Kwame N’Krumah. Em 1993 recuperou o primitivo nome "Bairro Craveiro Lopes".(http://www.bairro.cv/index.php?paginas=4).

Geolocalização

Partilhar